Serra para esquadria de alumínio: características, comparação e como escolher o produto correto

Serra para esquadria de alumínio: características, comparação e como escolher o produto correto

Serra para esquadria de alumínio

Reconhecida por seus cortes perfeitos e apta para cantos considerados difíceis, a serra de esquadria é a melhor para cortes em alumínios e se destaca por sua versatilidade e precisão para criar ângulos de 45° a 90°. O próprio nome já deixa uma dica, não é?

Ajustável, também pode trabalhar com madeira, vinil e plástico. A máquina é considerada indispensável na hora de enquadrar espaços para itens como sancas e rodapés, além de ser uma ótima saída para molduras, proporcionando o acabamento desejado.

A seguir, mais curiosidades sobre a ferramenta, modelos de serra de esquadria, marcas mais utilizadas e o porquê de sua preferência. 

  1. Afinal, o que é uma serra?
  2. Serra de esquadria ou serra de meia esquadria
  3. Outras características importantes em uma serra de esquadria
  4. Principais marcas de serra de esquadria
  5. Dicas de uso para serras de esquadria

Afinal, o que é uma serra?

Com certeza você já ouviu falar sobre serras – manuais e elétricas – e suas inúmeras funções para realizar reparos em casa ou grandes reformas. Como citamos anteriormente, a verdade é que elas são imprescindíveis. Sua principal função é clara: cortar diferentes materiais. Para isso, são compostas de aço. 

Elas podem ser manuais, as que conhecemos como serrote, e também elétricas. Dentre esses modelos, temos a serra fita, serra circular, serra mármore, serra policorte, serra tico-tico e, claro, a serra de esquadria – nosso foco neste artigo. 

Serra de esquadria ou serra de meia esquadria

A serra de esquadria é também uma serra elétrica e mais apropriada para cortes retos, angulares e chanfrados de maneira rápida e exata. Ou seja, contam com a precisão em diferentes movimentos. Ajustada para trabalhar com numerosos elementos, ela é um excelente recurso para as esquadrias de alumínios (como o nome revela) e também para a carpintaria. 

De forma resumida, a serra de esquadria é uma serra circular que possui um braço – que pode ser fixo ou não – que permite o corte de uma material fixo, tábuas e ripas de madeira por exemplo.

Temos quatro grupos de serra de esquadria presentes no mercado, com uma variação de preço que gira entre R$300 a R$5.000. Vamos conhecer esses modelos! 

Portáteis

As serras de esquadrias portáteis são aquelas com lâminas de 7 1/4. Não existem muitos modelos no mercado, apenas três ou quatro, o que acaba sendo um ponto negativo pois muitas vezes elas são difíceis de serem encontradas. Além disso, sua capacidade de corte é reduzida – chegando até cerca de 85 mm na largura e 40mm na altura.

Leia também:  Como medir o retorno de investimento nas vendas de vidros especiais

O ponto positivo é claro: como são portáteis, elas são leves. É uma ferramenta fácil de ser transportada de uma obra para outra, por exemplo. Suas lâminas são bem acessíveis e possuem baixo custo de aquisição, geralmente entre R$60 e R$100. Isso é bacana pois permite que você tenha uma diversidade de opções podendo trocar a lâmina a partir do material que você irá administrar no momento.

As serras de esquadria portáteis são ótimas opções para marceneiros que precisam de uma ferramenta leve para fazer pequenos cortes em obras, para quem trabalha com deck de madeira e para um artesão, por exemplo.

Serra de esquadria portátil

Convencionais

Essas são as serras de esquadria mais tradicionais. Elas possuem lâminas de 8, 9, 10 e 12’’, ou seja, uma boa variação entre elas. Enquanto lâminas de 10’’ são fáceis de serem encontradas, as de 8’’ já são menos convencionais, por exemplo.

Sua capacidade de corte não é tão grande, mas já é superior ao modelo portátil que explicamos acima.

Esse modelo, em geral, possui um pouco mais de precisão. Outro fator positivo é que elas são fabricadas por um grande leque de marcas e modelos – o que permite uma variação grande de preço. É possível encontrar serras de esquadrias convencionais de R$300 a R$3.000.

Ela é ideal para quem trabalha com esquadria de alumínio, portas, janelas, carpinteiros e marceneiros de modo geral. Exige mais esforço para ser transportada de um local para outro, mas não é super pesada.

Serra de esquadria convencional

Telescópica

Aqui, entramos em um modelo com uma capacidade de corte já bem superior dos outros dois. A serra de esquadria telescópica pode cortar tábuas de até 30cm, o que amplia muito o seu leque de trabalho.

Entretanto, essa é uma serra na qual a limpeza precisa ser feita com mais afinco já que possui rolamentos lineares da barra da máquina. Ela requer, sim, mais atenção.

Algumas marcas perdem um pouco de precisão no modelo telescópica. As serras de esquadria que têm melhores resultados no deslizar, são as que possuem deslizamentos de maior qualidade e, para garantir isso, é necessário aumentar o investimento. Rolamentos com buchas, por exemplo, tornam a máquina menos precisa.

Vale lembrar que a telescópica é bem mais pesada. Não é uma máquina para ficar sendo transportada, ela é indicada para estar fixa na sua oficina.

Leia também:  Vidros hospitalares: Tudo que você precisa saber
Serra de esquadria com braço telescópico

Híbridas ou combinadas

Esses modelos contam com uma serra de esquadria e uma serra de bancada em sua parte superior. Isso permite que você tenha duas ferramentas em uma só – e ainda de forma compacta.

Não existem muitos modelos híbridos no mercado e sua capacidade de corte é também reduzida, geralmente equivalente a uma serra de esquadria convencional.

Ela é uma boa opção para quem precisa ir para um canteiro de obras, para instaladores de modo geral, mas não para um marceneiro hobista.

Outras características importantes em uma serra de esquadria

O diâmetro da lâmina da sua serra de esquadria impacta diretamente na profundidade do corte que será feito. Quanto maior a polegada da sua lâmina, mais espesso será o corte.

Como mencionamos acima, as lâminas de 10’’ são as mais comuns de serem encontradas e elas permitem cortes de até 90 mm de espessura.

Atente-se também ao tipo de inclinação que o seu modelo de serra de esquadria possui. Inclinação dupla permite realizar o corte chanfrado para os dois lados. Caso a inclinação seja simples, você precisará inverter a peça que está manuseando em algumas situações.

Principais marcas de serra de esquadria

Existem muitas marcas que trabalham com serra de esquadria no mercado nacional e com preços bem distintos. Avalie muito bem a sua necessidade de trabalho e corte antes de investir em um modelo específico.

A Bosch, por exemplo, tem em seu portfólio dois modelos de serra de esquadria convencionais. A Makita também possui várias opções e o destaque fica para o modelo LS1219L, recém-lançado, com alta tecnologia e que chega a um corte de quase 40 cm.

A Dewalt possui modelos com lâminas de 10’’e 12’’, mas o modelo DWS780 é o grande carro-chefe da marca, com um ótimo custo-benefício. A Festool também tem um dos modelos de serra de esquadria mais conhecidos e vendidos no mundo, que é o KS 120 (porém, é difícil de ser encontrada).

Outras marcas que produzem serras de esquadria são a Skil, Inmes e Maksiwa.

Waldir, da WS Divisórias, fabrica divisórias e para o corte delas utiliza a serra de esquadria a 45 graus e cortes retos a 90 graus com uma máquina CNC dupla cabeça da marca FOM italiana. “Nesta máquina é usado um disco de corte de 450mm de diâmetro, espessura de 4,0mm e 108 dentes específico para corte de alumínio da marca FOM também”, contou.

Leia também:  Insulamento de vidro: Como se faz?

Segundo ele, o que diferencia os discos de corte para madeira para os discos de corte para alumínio é o ângulo de ataque dos dentes: “Para alumínio se usa dentes com ângulo negativo evitando o “tranco” na hora do corte. Discos de widea com afiação adequada (fundamental) dão qualidade no corte (sem rebarbas) e durabilidade do disco”.

Dicas de uso de serra de esquadria

Dicas de uso para serras de esquadria

Separamos alguns tópicos para você desfrutar da ferramenta de maneira ideal e preservando sua segurança:

  • Sempre utilizar equipamentos de proteção individual, como óculos, máscaras, luvas e protetores de ouvidos.
  • Certifique-se de que a lâmina já tenha atingido o máximo de sua velocidade antes de começar a cortar.
  • Aconselhamos a testar suas habilidades com a máquina em materiais reservas para iniciar o processo definitivo quando estiver dominando a técnica e os movimentos. 
  • Na hora de instalar o utensílio é necessário optar por um local amplo e muito bem iluminado.
  • Além da serragem ser um material inflável, outros podem apresentar componentes químicos. Por isso, a extrema importância de manter o lugar de trabalho limpo.

Conseguiu definir o melhor modelo de serra de esquadria para o seu trabalho? Conte com a PKO para mais conteúdos do segmento de esquadrias.

Diferentes tipos de esquadriasDiferentes tipos de esquadrias
Infográfico

Diferentes Tipos de Esquadrias

Conheça os principais tipos de esquadrias existentes no mercado.

Conteúdos Exclusivos

Preencha para receber conteúdos exclusivos da PKO do Brasil
PKO do Brasil
PKO do Brasil
❗Descubra quando e como usar cada tipo de vidro com o Simulador de Vidros da PKO do Brasil. ➡️ http://bit.ly/2S5V2CK
PKO do Brasil
PKO do Brasil
❗️ Manual Avançado: Vidros de Controle Solar ☀️ Como escolher o produto ideal e conseguir conforto térmico, luminoso e economia de energia elétrica. Baixe o eBook ➡️ https://bit.ly/2FQx8cu
Infográfico

Manutenção de Esquadrias

A manutenção das esquadrias é fator fundamental para que elas permaneçam conservadas.
Política de Qualidade da PKO do Brasil
eBook

Normas de Vidro: 4 tipos que você deve conhecer

Saber quais são as normas que regulam o uso e aplicação do vidro é fundamental para quem projeta, especifica e instala este material.