Com tecnologia em cristal líquido, Privacy Glass é ideal para projeção de imagens

28

ago

Os vidros inteligentes estão em alta e podem ser vistos com frequência em obras mais sofisticadas e de padrão elevado por oferecerem funcionalidades extras aos ambientes projetados. O vidro laminado com cristal líquido (LCD) tem sido muito procurado por arquitetos e decoradores devido a sua capacidade tecnológica de transformar uma divisória de vidro em tela para projeção com alta definição. No mercado nacional, a PKO do Brasil tem expertise neste tipo de beneficiamento e oferece como opção o Privacy Glass, que pode ser visto em grandes obras de destaque no eixo São Paulo- Rio de Janeiro.

Sua capacidade tecnológica permite que o vidro se torne, por exemplo, uma grande tela de cinema. Esse recurso tem sido empregado em projetos mais sofisticados, criando um conceito moderno para os ambientes.  Foi o que aconteceu em um loft localizado no bairro da Bela Vista, em São Paulo. Na reforma do imóvel a parede que dividia a sala e a suíte foi substituída pelo Privacy Glass da PKO do Brasil e um projetor foi instalado no forro. Agora, não há mais televisão, todos os programas e filmes são projetados diretamente no vidro.

Outro projeto com vidros da PKO do Brasil é um prédio de apartamentos da Brookfield, localizado na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro. No local os vidros das portas-balcão das varandas foram substituídos por Privacy Glass. Os apartamentos virados para o lado inverso da Lagoa receberam um projetor no forro. Uma câmera na cobertura do prédio capta imagens em tempo real da Lagoa e projeta no vidro desses apartamentos que passaram a também ter vista para a lagoa.

Como funciona o Privacy Glass?

O Privacy Glass é feito em um processo de laminação de dois vidros com um filme de cristal líquido com polímeros dispersos. Dessa forma, quando ligado as moléculas se organizam em uma direção específica, tornando-o incolor. Quando o dispositivo é desligado, volta a sua condição original, de branco translúcido. Por ser plano, liso e por conta do LCD interno, o Privacy Glass proporciona maior qualidade da imagem projetada, sobretudo, quando comparado a uma tela comum de projeção. Com isso, até os aparelhos de Tv podem ser eliminados.

O vidro colocado no novo cenário do Jornal Nacional, por exemplo, também utiliza essa tecnologia de LCD. O vidro curvo que circunda a bancada dos jornalistas tem imagens projetadas quando está ligado (branco translúcido), que quando desligado (transparente) é possível ver a equipe de redação atrás dos apresentadores. Além de tela de projeção, o vidro também pode ser utilizado em salas de reunião, hospitais, clínicas, restaurantes e qualquer ambiente que requer privacidade ou limitação de visão.

O Privacy Glass também reduz a contaminação, principalmente hospitalar, pois elimina a necessidade de cortinas, responsáveis pelo acúmulo de sujeira, é fácil de limpar e tem alta durabilidade. As dimensões do vidro variam de 350×350 milímetros a 1500×3000 milímetros com espessuras de 10 a 20 milímetros. Pode ser desenvolvido tanto para voltagens de 110V quanto de 220V.

 

Conteúdos

Siga nossa página