Saiba mais sobre as aplicações e recomendações de segurança do vidro temperado

O vidro temperado tem a sua resistência aumentada pela têmpera, um processo que consiste em aquecer o material até uma temperatura crítica e depois resfriá-lo rapidamente. A têmpera no vidro produz um sistema de tensões que aumenta a resistência, isto acontece porque o vidro, como a maior parte dos materiais frágeis, tem grande resistência à compressão e pouca resistência à tração.

A resistência do vidro plano comum pode ser tomada como 400 Kgf/cm², já a resistência efetiva do vidro temperado será de 1400 Kgf/cm² (140 MPa), entre três e cinco vezes a resistência do vidro comum, podendo ser autoportante, fixado somente com ferragens.

Devido às tensões induzidas no vidro temperado, quando este se rompe em qualquer ponto, toda a chapa se quebra em pequenos fragmentos sem arestas cortantes e lascas pontiagudas, menos suscetíveis a causar ferimentos. A qualidade de um vidro temperado é expressa por um teste que inclui, dentro de outras análises, a contagem da fragmentação em caso de quebra, o que atesta a segurança do produto.

Leia também:  Diferentes tipos de Esquadrias – Vantagens e Desvantagens

Para comprovar isto, as empresas mais renomadas possuem o selo do INMETRO que audita e verifica se os testes estão em conformidade com a NBR 14698. Assim, para aplicações como em Box de Vidro, sua vidraçaria poderá optar por um fornecedor qualificado com este selo, sem a necessidade de buscar por marcas específicas. Deste modo, também é possível garantir a qualidade da peça com relação ao empeno, pois se este for superior ao permitido por norma, poderá causar um problema conhecido como distorção óptica, que causa um  efeito estético indesejado.

Corte, furos e lapidações devem ser feitas antes da têmpera. Posteriormente somente poderá ser laminado, pintado, insulado ou serigrafado. Por isto é importante saber que não é possível retrabalhar o vidro depois de pronto.

Funções do Vidro Temperado

O vidro temperado também pode ser combinado com o vidro laminado ou além do insulado ou até mesmo o vidro de controle solar, conferindo outras funções ao produto como segurança quanto à segurança patrimonial e dos usuários, além de possibilidades de agregar função de conforto térmico e acústico. Acesse nosso infográfico e saiba quando é necessário utilizar estes produtos de acordo com a norma.

Leia também:  Erros comuns no projeto que interferem no seu produto final

Outra função mais específica do vidro temperado é que ele combate um problema conhecido como stress térmico, que acontece quando uma área de uma placa de vidro fica mais quente que outra, ocasionando a trinca da peça, chamada de quebra térmica. Isto acontece normalmente com vidros mais escuros e em locais onde a diferença de temperatura é maior. Porém, quando o vidro já recebeu a têmpera no processo fabril, isto não deverá ocorrer.

Agora que você aprendeu um pouco mais sobre o vidro temperado, acompanhe nosso Blog para descobrir como agregar mais valor aos produtos de sua empresa.

Glossário do Vidro

About The Author