A utilização dos vidros em visor de piscinas de borda infinita

As piscinas de borda infinita se caracterizam como nova tendência no mercado da construção civil, sendo ampliado seu uso em residências. Ao aliar o vidro e o visor de piscina, o projeto ganha mais requinte, referência no mercado e visibilidade.

Mas, afinal, sua vidraçaria ou empresa de esquadria sabe como são feitas essas piscinas de vidro? Confira a seguir mais informações:

Sistema de borda infinita

Para conseguir o efeito infinito nas piscinas, é preciso um sistema com motor, responsável por transbordar a água que retornará continuamente à piscina. Na prática, quando a água transborda, ela deve cair em uma calha que a direciona até um reservatório onde ocorre a filtragem e impulsionamento de volta ao tanque, por meio da bomba.

O uso dos vidros nas piscinas

Para os projetos de visores de piscina, é indicado usar o vidro temperado-laminado com a película Sentryglas®, que permite a redução da espessura do conjunto final com a mesma resistência, permitindo a fixação em apenas 3 lados, mantendo a borda superior mais “limpa” visualmente.

Os vidros temperados-laminados da PKO com o uso de intercalador Sentryglas® são indicados para aplicações com bordas expostas como guarda-corpo, muros de vidro, fachadas de vidro estrutural e com sistema Spider, escadas.

Os principais benefícios do vidro são:

  • Redução dos riscos de acidentes causados pela quebra;
  • Aumento da segurança patrimonial;
  • Cinco vezes mais resistentes que um vidro laminado comum de mesma espessura;
  • Por ser mais resistente pode ser aplicado autoportante com o mínimo de perfis de sustentação, além de ser possível a fixação por meio de ferragens;
  • É mais resistente a variações de temperatura.
Leia também:  Como planejar a reposição de vidros para otimização de prazos e custos

Nos projetos de piscinas de bordas infinitas, o vidro temperado-laminado com Sentryglas® pode ser aplicado com fixação nos quatro lados com estrutura de aço ou somente com três dos lados fixos, dando apenas um acabamento de topo para proteção contra o cloro.

A especificação do vidro ideal

Saber como calcular a espessura e dimensões ideais do vidro que será utilizado em sua piscina de borda infinita requer alguns cuidados, que garantirão a eficácia e segurança do projeto.

Pressão exercida no vidro

O primeiro ponto e mais importante a ser observado no uso do vidro para projetos de piscina é considerar a dimensão da peça e a altura da água em relação ao vidro para determinar a pressão exercida – m.c.a. (metros de coluna d’água)

Lâmina reserva

Outro item importante é considerar sempre uma lamina extra para algum caso de incidente com impacto inesperado, a fim de dar tempo de esvaziar a piscina para a segurança de todos.

Apoio de fornecedores

Para a especificação ideal do vidro utilizado, você pode contar com o apoio de fornecedores que ofereçam estes cálculos, minimizando erros e possíveis gastos extras com reposição de material.

Leia também:  Guarda-corpo de vidro

Cuidados na instalação do vidro

Além das precauções no momento de especificação do vidro, é necessário ter cuidados também na instalação do material utilizado.

Engastamento do vidro

Para que a solução seja efetiva, é preciso considerar o engastamento do vidro um torno de 15 a 20% da largura total da peça, garantindo a melhor segurança para os usuários

Materiais resistentes a água

É importante também utilizar silicones de vedação próprios para imersão em água, garantindo sua durabilidade no contato diário com água e cloro da piscina.

Case – Uso de Visor de Vidros em Piscina

Um dos projetos mais recentes em que foi usada esta nova técnica de beneficiamento foi da construtora Toledo Ferrari para a piscina externa do empreendimento Setin Midtown Pacaembu, localizado na Capital paulista.

Para a construção da piscina, foi utilizado o vidro temperado-laminado com SentryGlass chapa Jumbo. Com projeto arquitetônico da Marchi Arquitetura de Solução, o empreendimento está em fase conclusão. Residencial, o Midtown Pacaembu foi construído em uma área de mais de 6,6 mil m². O prédio conta com 270 apartamentos (de 50 a 72 m²) distribuídos em 27 andares.

Interaja conosco. O que achou desse texto? Comente abaixo suas impressões.

 Manutenção de vidros

About The Author

Há cerca de 20 anos no mercado brasileiro de vidros, a PKO do Brasil preza sempre pela qualidade dos seus produtos e atendimento personalizado, fatores fundamentais para o reconhecimento da empresa como referência no mercado. A missão da PKO é oferecer ao mercado produtos inovadores, com qualidade e segurança, priorizando o comprometimento com o cliente. Todo o suporte para a execução dos projetos dos clientes é feito por uma equipe de profissionais qualificados, aptos para o desenvolvimento de soluções dos mais diversos tipos de demandas. A empresa visa ser referência em vidros, por meio do desenvolvimento humano dos colaboradores, dos investimentos em tecnologia e da busca constante pela inovação.