Saia na frente da concorrência e seja mais competitivo no ramo vidreiro

Na busca da liderança no mercado vidreiro, as empresas de esquadrias e vidraçarias que querem se destacar precisam adotar algumas práticas que farão com que seu negócio tenha relevância no segmento.

Antes de mais nada, é fundamental analisar o mercado de atuação. Saber quais são os seus concorrentes, consumidores e tendências é o ponto de partida para que consiga chegar no mesmo lugar em que a concorrência está.

Veja nossas dicas para ser mais competitivo no mercado vidreiro e das esquadrias:

1.Conheça os seus clientes e concorrentes

A primeira dica para sair na frente da concorrência é analisar o perfil dos consumidores desse mercado. Se sua vidraçaria ou empresa de esquadria precisa entender onde está atuando e com quem.

Trace um planejamento envolvendo perfil, como idade, preferências, dificuldades, expectativas. Sobre a localização da empresa e mercados de atuação, quais as possibilidades de lucratividade, os investimentos necessários. Aqui é importante levantar todas as informações possíveis.

2.Crie um planejamento estratégico

Depois de ter todas as informações sobre o mercado tabulada é preciso traçar um plano estratégico, levantando as oportunidades e ameaças que podem ajudar ou atrapalhar seu negócio e também enxergando as forças e fraquezas do seu negócio em relação aos demais.

Leia também:  Saiba quais são as melhores pedras industrializadas para seus projetos

Nessa etapa, é necessário montar um mix de produtos que tenha variedade entre os tipos de vidro e de esquadria de alumínio oferecidas aos clientes, com preços competitivos, prazos justos e outras estratégias ideais para que seu cliente prefira comprar com você ao invés dos outros.

É fundamental também que sua empresa fala um bom gerenciamento de compras e estoque, garantindo assim prazos mais curtos para os clientes e também que não haja desperdícios de materiais que ficam “parados” no estoque.

3.Atualize-se sobre as tendências e realidades do mercado vidreiro

A atualização sobre as novidades do setor também é fator importante para ser mais competitivo no mercado. Ao entender melhor o que o cliente busca como tendência, você pode ofertar exatamente aquilo que ele está procurando, saindo na frente da concorrência.

Se por exemplo, a tendência do momento são janelas de vidro refletivo, ofereça os produtos e mostre exemplos das notícias e arquitetos que estão utilizando o material; faça promoções exclusivas; entre outras ações.

Leia também:  Saiba todos os segredos do Vidro Temperado

Agregar valor ao produto é uma das mais novas tendências de mercado dos vidros que pode ajudar muito no faturamento de sua empresa e também trazer benefícios exclusivos aos clientes, como o conforto térmico e acústico, por exemplo.

4.Revise o seu modelo de negócios

Todo e qualquer planejamento requer revisão. Por isso, tenha a mente aberta para as adaptações. Analise o que deu certo e o que deu errado e tente novas alternativas.

Para uma empresa ser mais competitiva é importante estudar e inovar sempre o seu plano de negócios. Entender como está o funcionamento dos processos de sua empresa vai te ajudar a pensar, de acordo com a realidade atual e o que está por vir, sobre os novos rumos a serem tomados. Saiba mais sobre como fazer o melhor negócio com seu fornecedor.

E você? Acredita que sua empresa é competitiva no mercado? Compartilhe conosco suas impressões.

Glossário do Vidro

About The Author

Há cerca de 20 anos no mercado brasileiro de vidros, a PKO do Brasil preza sempre pela qualidade dos seus produtos e atendimento personalizado, fatores fundamentais para o reconhecimento da empresa como referência no mercado. A missão da PKO é oferecer ao mercado produtos inovadores, com qualidade e segurança, priorizando o comprometimento com o cliente. Todo o suporte para a execução dos projetos dos clientes é feito por uma equipe de profissionais qualificados, aptos para o desenvolvimento de soluções dos mais diversos tipos de demandas. A empresa visa ser referência em vidros, por meio do desenvolvimento humano dos colaboradores, dos investimentos em tecnologia e da busca constante pela inovação.